Seshat - Biblioteca de TCC's, Teses e Dissertações

Pesquisa


Elaboração de um guia prático de plantas medicinais para consulta por profissionais da saúde

Mestrado em Profissional em Plantas Medicinais e Fitoterápicos na Atenção Básica
Autor: Edilson Rodrigues Albuquerque
Orientador: Francislaine Aparecida dos Reis Lívero
Defendido em: 27/07/2018

Resumo

Cerca de 80% da população mundial depende de práticas tradicionais para os cuidados primários de saúde e 85% desta parcela usa plantas medicinais ou preparações baseadas nas mesmas. Este elevado percentual decorre do difícil acesso às formas convencionais de tratamento, hábitos culturais e custos inferiores em relação à terapia convencional. Nesse sentido, o Ministério da Saúde propôs várias ações para o desenvolvimento de políticas públicas para a inclusão de plantas medicinais no Sistema Único de Saúde (SUS), permitindo a expansão da prevenção de doenças, bem como a manutenção e recuperação da saúde do paciente. Uma das estratégias foi a elaboração da Relação Nacional de Plantas Medicinais de Interesse ao SUS (RENISUS), que lista 71 plantas medicinais para uso na atenção básica. Entretanto, muitos profissionais da saúde não tem o conhecimento adequado em relação às particularidades do uso destas plantas medicinais. Dessa forma, foi elaborado um guia prático com as plantas da RENISUS para uso na prática clínica, reunindo informações indispensáveis aos profissionais prescritores, bem como a toda equipe multidisciplinar do serviço de Atenção Primária à Saúde. Este guia apresenta elementos essenciais relacionados à prescrição de plantas medicinais e fitoterápicos, bem como a maneira correta de utilização, usos populares e evidências científicas das ações farmacológicas, dosagens, efeitos adversos, possíveis interações com medicamentos alopáticos e/ou outras plantas medicinais, bem como precauções de usos, a fim de promover a saúde do paciente. Das 71 plantas selecionadas para a elaboração do guia prático, 38 apresentaram contraindicações evidentes para o uso durante a gestação. Outras 18 evidenciaram uma escassez considerável de estudos que pudessem fundamentar o uso medicinal de maneira segura. Portanto, ressalta-se que a aplicação do Guia Prático para uso das Plantas Medicinais da RENISUS poderá nortear os profissionais prescritores que atuam na Atenção Básica, proporcionando informações relevantes e consequente melhoria para a população em relação ao uso desta terapêutica.

Palavras-chave

Práticas integrativas; fitoterapia; medicina tradicional; propriedades medicinais, RENISUS, tratamento alternativo.


Title

Elaboration of a practical guide of medicinal plants for consultation by health professionals

Abstract

About 80% of the world population depends on traditional practices for primary health care and 85% of this population uses medicinal plants or preparations based on them. This high percentage reflects the difficult access to conventional forms of treatment, cultural habits and lower costs than conventional therapy. In this sense, the Brazilian Ministry of Health proposed several actions for the development of public policies, including the medicinal plants in the Brazilian Unified Health System (SUS). This allows the expansion of disease prevention, as well as the maintenance and recovery of the patient’s health. One of the strategies was the elaboration of the National List of Medicinal Plants of Interest to SUS (RENISUS), which lists 71 medicinal plants of interest for use in basic health care. However, many health professionals do not have adequate knowledge regarding the particularities of the use of these medicinal plants. Thus, a practical guide was prepared with the RENISUS plants for use in clinical practice, gathering essential information for prescribing professionals, as well as the entire multidisciplinary team of the Primary Health Care service. This guide presents essential elements related to the prescription of plants medicinal products and phytotherapics, as well as the correct way of using, popular uses and scientific evidence of pharmacological actions, dosages, adverse effects, possible interactions with allopathic medicines and/or other medicinal plants, as well as precautions of uses, to promote health of the patient. Among the 71 plants selected for the elaboration of the practical guide, 38 had clear contraindications for use during pregnancy. Another 18 plants showed a lack of studies that could support the medicinal use safely. Therefore, we highlight that the application of the Practical Guide for medicinal plants of RENISUS may guide prescribing professionals who work in Primary Care, providing relevant information and consequent improvement to the population regarding the use of this therapy.

Keywords

Integrative practices; phytotherapy; traditional medicine; medicinal properties; RENISUS; Alternative treatment.

Créditos

Menu