Seshat - Biblioteca de TCC's, Teses e Dissertações

Pesquisa


Estudo da toxoplasmose em uma comunidade rural de Eldorado, MS

Mestrado em Ciência Animal
Autor: Joil Moreira Marques
Orientador: Aristeu Vieira da Silva
Defendido em: 06/03/2008
Artigo na Íntegra: http://www.jvat.org.br/full/op7_14_4_2008.pdf

Resumo

Neste estudo foi avaliada a freqüência de anticorpos anti-T. gondii em humanos e animais de uma comunidade rural de Eldorado, MS. De 185 propriedades foram sorteadas 20 para coleta de sangue e aplicação de um questionário contendo variáveis para caracterização da população humana, seus hábitos alimentares e higiênicos, de forma a identificar as principais fontes de infecção e vias de transmissão. As amostras de soro foram examinadas pelo Método de Aglutinação Direta para a detecção de anticorpos anti-T. gondii. A freqüência de reagentes ao teste de detecção de anticorpos foi: 79,45% (53/73) em humanos, 60,87% (14/23) em eqüídeos, 57,14% (8/14) em gatos, 47,61% (20/42) em cães, 22,89% (46/201) em aves, 14,7% (5/34) em suínos, 5,15% em bovinos (20/388), não sendo detectados positivos entre os ovinos (0/14). Nenhuma das variáveis esteve significativamente associada à prevalência da infecção humana, entretanto, dos indivíduos que relataram dificuldades de visão, 94,4% possuíam anticorpos anti-T. gondii, contra 74,0% dos que não relataram alterações visuais. Por outro lado a maioria dos indivíduos da amostra examinada (68,20%) possuía idade acima de 18 anos, com 84,44% de positivos, contra 66,67% de positivos nos indivíduos abaixo dos 18 anos de idade. A maioria das espécies apresentou freqüências elevadas de anticorpos, o que traz preocupação, pois aponta possibilidade de risco para os humanos uma vez que estas espécies ou compartilham as mesmas fontes de infecção com o homem ou servem de alimento para o mesmo.

Palavras-chave

Toxoplasma gondii; Epidemiologia; Homem; Animais; Sorologia


Title

Study of toxoplasmosis in a rural community of Eldorado, MS

Abstract

In this study, anti-Toxoplasma gondii antibody rates were evaluated in humans and animals from a rural community in the city of Eldorado, MS. Twenty farms were chosen in a draw for the collection of blood samples from the people in the households, who also answered a questionnaire on risk factors for Toxoplasma infection in humans. Serum samples were analyzed by means of Modified Agglutination Test for the detection of anti-T. gondii antibodies. Rates of reactors in the antibody detection test were: 79.45% (53/73) in humans, 60.87% (14/23) in horses, 57.14% (8/14) in cats, 47.61% (20/42) in dogs, 22.89% (46/201) in poultry, 14.7% (5/34) in swine, 5.15% (20/338) in cattle, with no positive results among sheep (0/14). None of the variables were significantly associated with the prevalence of human infection. However, among individuals that reported eyesight impairment, 94.4% showed antibodies anti-T.gondii, compared with 74.0% of those who did not report eyesight problems. On the other hand, most of the individuals of the sample (68.20%) were over 18 years of age, with 84.44% positive results, compared with 66.67% positive individuals among those younger than 18 years of age. Most of the species showed high antibody rates, a fact that raises concern because it points out the possibility of risk to humans, once the species studied either share the same sources of infection with humans or are used as human food.

Keywords

Toxoplasma gondii; Epidemiology; Man; Animals; Serology

Créditos

Menu